Carrinho
Healthy Way

Mais um ano a lutar contra o cancro da Mama!

116views

Hoje assinala-se o Dia Nacional contra o cancro da Mama. 

Quem acompanha o meu site e redes sociais, sabe que apelo VÁRIAS VEZES para o rastreio, diagnóstico e prevenção. Sou embaixadora da Luta desta causa, assim como embaixadora da Laço e IPO e faço questão de trazer o tema para a ordem do dia assim que posso. Os últimos 10 anos têm sido, para mim, uma verdadeira tentativa de passar a mensagem de que a prevenção é imperativa! Em qualquer idade, em qualquer situação! Uma eco ou mamografia é suficiente para detetar e, quando descoberto cedo, existem 95% de hipóteses de bom prognóstico 🙂.

Em 2010

Fonte: Record

Neste ano, realizou-se a 3.ª edição do “Fashion Targets Breast Cancer by Women’s Secret” e eu fui, pelo terceiro ano consecutivo, o rosto desta campanha. Nascia, então, uma  nova coleção de roupas, desenhada em exclusivo para Portugal e cujas vendas reverteram a favor da associação Laço.

Em 2019, a mesma campanha, resultou em 40 mil euros à Laço, que entregou ao Hospital de Santa Maria.

Em 2013

Fui em embaixadora da coleção da Dama de Copas “Descobre o soutien certo e apoia a Laço”. Aqui sublinhei não só a importância de usar o soutien correto, uma das formas que pode ajudar a prevenir, mas também de como as mulheres, que passam por esta doença, podem recuperar a sua beleza interior.

Em 2015

“Eu assino” foi a Petição da Liga Portuguesa Contra o Cancro, “Pela Equidade no Acesso ao Rastreio, Diagnóstico e Tratamento das mulheres com Cancro da Mama”, a qual também eu “assinei”.

Vesti, também, a camisola com uma t-shirt fruto da parceria entre a Swarovski e da Mr.Wonderful.

Em 2017 

A luta contra o cancro da Mama continua! Juntei-me ao  IPO, com a campanha solidária Alma Sana, de forma a angariar fundos para dar apoio à Clínica Multidisciplinar da Mama do IPO Lisboa que trata cerca de 900 casos por ano e ao Fundo iMM – Laço criado em conjunto com a Dama de Copas, um calendário solidário apelidado de “Unidas pela Cura”.

Em 2018 

Partilhei, no meu antigo blog, um artigo que hoje continua mais atual que nunca. Aqui falei-vos, novamente, de prevenção. Vamos relembrar os passos? Há outros fatores que podem estar na infeliz origem desta doença, aos quais todas nós devemos estar atentas:
  • Idade – probabilidade aumenta com a idade. Uma mulher com mais de 60 anos apresenta maior risco. O cancro da mama é menos comum antes da menopausa;
  • História familiar – o risco é agravado se a mãe, tia ou irmã tiveram cancro da mama, especialmente em idades mais jovens (antes dos 40 anos);
  • Terapêutica hormonal de substituição: mulheres que tomam terapêutica hormonal para a menopausa (apenas com estrogénios ou estrogénios e progesterona), durante 5 ou mais anos após a menopausa;
  • Obesidade após a menopausa;
  • Falta de atividade física, má alimentação e stress acumulado.

Em 2019…

Como gosto de falar em mudança, falo também nesta situação. É importante fazer um apelo à mudança de comportamentos perante a doença e divulgação de informação sobre o tratamento. Os avanços na medicina têm-nos trazido a muito bom porto. Os tratamentos são cada vez mais eficazes! E não falamos apenas em cancro da mama. Falamos de tantas outras patologias. É imperativo estar alerta. É imperativo ter um estilo de vida saudável: calmo, feliz, com boa alimentação, desporto e muita água.

A mensagem é sempre a mesma e o desejo de que cada vez menos mulheres passem por esta doença, também.

Prevenir é cuidar. Prevenir é tratar de nós.
Cuidem de vocês 🙂

ARC

Leave a Response

Translate »